Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

Olá - Já lá vai um tempo eu sei - Antes que desatem num pranto por ter abandonado o lar e regressado passados 4 meses quando já não há tantas fraldas para mudar… Permitam-me que explique porque razão não escrevo desde o ano passado.

Andei numa demanda à procura do rabetinha que há em mim. É, foi isso.

Importa explicar o que é o rabetinha. O rabetinha adora imenso tons salmão, custa-lhe ver homens à luta e aprecia peixinho grelhado à beira mar. E sim, todos nós temos um.

O rabetinha é um alter-ego que todos os homens, sem excepção, têm guardado lá num cantinho junto ao saco desportivo com o símbolo antigo da Adidas. É o piquinho a azedo que pingou na grande bifana carregada de mostarda e alho que é um macho.

Isto para dizer que o rabetinha faz parte do Homem heterossexual. Não tem mal, não há mariquice nisso (ou havendo é inofensiva). E identificá-lo faz parte do processo de desenvolvimento de todo o indivíduo. Descobri o meu rabetinha e sou mais feliz.

Sabem que é a Jaslene? Eu não. Mas o rabetinha que há em mim sabe que a Jaslene venceu o América’s Next Top Model cycle 8 da Tyra Banks. Eu estou-me perfeitamente a cagar para isso. Já o rabetinha que há em mim “considera deveras injusto visto que a Reneé que terminou em terceiro tinha muito mais potencial fotográfico e era fortíssima na passadeira, e lá porque era uma cabra de m£rda não merecia, ficar atrás da escanzelada da Jaslene.”  

E o Santino? Quem é o Santino? Pessoalmente não faço ideia. Agora se perguntarem ao rabetinha que há em mim é possível que ele responda que “o Santino, apesar de ter ficado em terceiro na segunda temporada do Project Runway, ainda vai dar que falar no Mundo da moda”. E que “a Heidi Klum vai bem com qualquer trapinho, dá impressão que é uma deusa. «Go go go. Make it work» ai Tim Gunn, fazes-me sempre esboçar um sorriso.”

Descobri o meu rabetinha. Está no sofá a ver reallity shows rotos.

Shear Genius é o Reallity Show dos cabeleireiros. Top Design é o reallity show dos decoradores de interiores (o Everereste dos programas rotos). O Rabetão sem meias que apresenta aquilo despede-se do concorrente eliminado com a pérola “See you later decorator”. A catch-frase mais absurda da história da televisão que ainda assim o meu rabetinha adora ao ponto de fazer dela toque de mensagem do telemóvel.

Se o rabetinha que há em mim é assíduo em reallity shows, cada rabetinha salta cá para fora de maneira particular. Há homens que batem a gravata com os botões de punho. Outros mascam pastilha tutti frutti. E os que apreciam molho 4 pimentas. Há vários níveis de rabetinhas inofensivos. Tudo o que não inclua cascatas de frutas é seguro – Atenção a isso malta que gosta de Fondues. É um passinho.

Encontrem o vosso rabetinha. Sejam felizes com ele.

See you later decorator.




Aqui as perspectivas são diferentes… tão diferentes quanto um gajo e uma gaja podem ser
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27



posts recentes

O Rabetinha que há em mim...

As Sogras… A Continuação.

Os Conselhos de Sue

Se a sogra fosse boa... N...

Às vezes prefiro ver o Dr...

És diabética? Não? Então ...

AS BANHEIRAS DAS GAJAS SÃ...

Não é um bicho de 7 cabeç...

NÃO REPARAS EM NADA DE DI...

Susan Boyle gosta do Pudi...

Cesto da Roupa

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Tags

todas as tags

subscrever feeds