Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Na sala de espera de um grande Hospital, o médico chega e diz:
- Tenho uma péssima notícia para lhe dar... A cirurgia que fizemos na sua mãe...

- Ah, ela não é a minha mãe... É a minha sogra, doutor!
- Nesse caso, então, tenho uma boa notícia para lhe dar!

 

Como já deves ter imaginado vou falar de couves. E o que são couves? São plantas brassicáceas hortenses e comestíveis. Como quase tudo que dá para comer é bom, vou esmiuçar (palavrinha da moda) as sogras, estas coisas que não são nada boas de se trincar.

 

Não sei muito bem por onde começar. Se falo das vítimas (As Noras), se passo já para os que passam divididos entre dois amores (Os Filhos) ou se vou já para as fêmeas dos bois (As sogras).

Há sogra à vista? Então na grande maioria das vezes esperam-se sarilhos. Podes esperar uma manipulação materna ao seu alto nível. O casalinho passa a ser controlado pelo robocop que em vez de estar do lado da paz, arma-se e insiste em dar dicas sobre tudo. As críticas passam a ser constantes. Ou seja, é um chafariz de conflitos.

 

Se fossem justas assumiam que o erro delas é o nosso fardo. Passamos a empregadas domésticas com um toque de professoras. Já pensaram as Senhoras Donas Sogras que num estalar de dedos somos obrigadas a ensina-los o sentido da cooperação e entreajuda? Será que eles já não deviam ter isso tudo bem resolvido? Ter que reorganizar a agenda diária para instruir o macho como segurar uma vassoura ou indicar o local do cesto da roupa é no mínimo caricato e maçador, e uma perda de tempo. Isto sem falar que temos de arranjar formas criativas para os fazer ver que o sofá não é a única existência e prioridade.

 

Ficam consumidas pelo ciúme. Ficam com receio de perderem os afectos? A atenção?

Porquê? Porque agora quem lhes passa a roupa, quem lhes serve a refeição, quem lhes arruma a casa somos nós? Que bela estupidez. Então não deviam ficar felizes por entrarem na reforma no que respeita às lidas da casa, e assim terem tempo para ir ao bingo? Não ficam não! Preferem gastar energias a deitarem-nos a baixo com porcarias como “ai ela obriga-te a ajudar nas limpezas?” “Tás magro, não andas a comer como deve de ser”… Para elas, somos as vilãs. Somos vistas como um furacão que apareceu para levar um bebé com mais de 1.80.

 

A mãe pode facilitar ou dificultar.

1º. Uma sogrinha normal quer-se dedicada moderadamente.

2º. Nunca critica a sua nora ou a coloca contra o filho.

3º. A sogrinha pode opinar, mas nunca exigir que as suas opiniões estejam em 1º lugar.

4. A vida do casal é um mundo à parte ao da sogrinha, em caso de dúvida deve ficar calada e quieta sendo-lhe permitido somente respirar.

5. A sogra deve preocupar-se com a sexualidade do rebento. Quanto mais fula estiver a nora, menos sexo terá o filho.

 

Ser nora de alguém que teima em querer meter o nariz onde não é chamada não é nada fácil. No entanto, a culpa delas não nos gramarem depende em muito dos nossos gajos. E porquê? Porque são uns eternos bebés, bebés que só elas sabem cuidar, só elas conhecem as coisas que eles preferem, só elas são capazes de os satisfazer e como tal não deixam qualquer espaço para nós, e de repente e sem dar-mos conta lá vamos nós para a prisão sem passar pela casa da partida. Como não nos é dado o benefício da dúvida, meus queridos Gajos, e que tal mostrarem alguma personalidade e deixarem as fraldas?

 

Vá! Eu sei que a relação do abutre e da sua cria é forte e de grande admiração. Eles podem reconhecer os defeitos e os erros, mas acabam sempre por as defender e para ajudar à festa, acusam-nos de estarmos a inventar ou a fazer uma tempestade num copo de água.

 

Aos Gajos que pedem sempre compreensão abram os olhos. Paciência tem limites, e mesmo que haja cedência, essa tem que estar presente dos dois lados. Quando a boa vontade só mora numa das casas, o mais certo e a curto prazo é o sonho passar muito facilmente para pesadelo.

 

Vocês Gajos não percebem o quanto esta situação pode estragar a união, e não será a fingirem que não ouvem ou a varrerem o lixo para debaixo do tapete que a casa fica limpa. As vossas mãezinhas não gostam de nós e a culpa é muitas vezes vossa!

 

O que vos peço?

Peço que tenham consciência que para algumas Gajas é um sonho mau ter que conviver com a mãezinha intrometida. Não é embirração. Acham que é saudável ter um relacionamento com alguém que insiste em interferir no dia-a-dia? Que só tem atitudes incorrectas para com o casal? Que a boca só serve para comentários desfavoráveis só com a intenção de contrariar tudo o que o vosso amor diz ou faz? Dá conflito não dá?

 

>>Humpfs<<

 

- A culpa é nossa?

- Não! É delas que não conseguem meter na tola que há diferentes tipo de amor.

- E deles que são uns bananas no que respeita a limitar zonas.

 

Há vários tipos de sogras, para a próxima AGaja vai tentar identifica-las para tentares lidar com a tua.

 

- Oh Gaja. Estás muito triste. O que aconteceu?
- Acabei de enterrar a minha sogra!
- E porque é que estás  toda suja de terra?
- É que ela não queria!


Tags: ,

publicado por AGaja às 11:42 | link do post | Colocar Preservativo | favorito

11 Preservativos:
De Pedro a 23 de Setembro de 2009 às 12:47
Quando fores sogra como vai ser?
:)


De AGaja a 23 de Setembro de 2009 às 13:10
"Vou ser igual" é uma resposta que não estás à espera pois não? :p



De mfc a 23 de Setembro de 2009 às 20:17
Mas afinal a diferença entre Mãe e Sogra... é apenas de perspectiva, já qu ese trata da mesmíssima pessoa!
Esquizofrenia?!
Talvez!
Pode ser atenuada... mas nunca eliminada.


De OGajo a 24 de Setembro de 2009 às 18:58


De blue258 a 28 de Setembro de 2009 às 14:28
Nem de propósito - tipos de sogras. Ainda ontem falei nisso - espero ansiosamente o próximo post!

O sofá é sem dúvida a única existência e prioridade - deles. Não há volta a dar.

Ensinar? Pois... temos de buscar essa força, essa paciência - todos os dias.
O engraçado é que quanto mais mãe-galinha elas são - as sogras - maior tem de ser o nosso esforço. E a nossa paciência?!

Adorei o texto. Espero o próximo - tão bom ou melhor que este!


De AGaja a 29 de Setembro de 2009 às 10:56
Paciência pois! E quando falta? É que nem sempre se vê a luz ao fundo do túnel. :P
Obrigado pela visita. Volta sempre.


De Pedro a 8 de Outubro de 2009 às 23:20
Odiamos todas as sogras, menos a nossa mãe.

Um abraço


De Ana Luísa a 14 de Outubro de 2009 às 18:32
Serei a unica pessoa que gostou da sogra?
Aquela conhecia bem o filho... tão bem que ficava quase sempre do meu lado :)

Essa dava gozo até :D


De TA a 17 de Outubro de 2009 às 11:21
Não, não és a única. Eu também gostei da minha, que também conhecia bem o seu filho... Estou mais feliz por deixar o filho do que deixar a sogra lolol

Claro está, que filho é filho e temos que perceber a perspectiva delas....
No entanto concordo com a gaja, existem sogras que são OBRA...

Parabéns pelo artigo.


De Veronica Pires a 27 de Dezembro de 2009 às 00:52
Seria comico se não fosse trágico, a minha sogra, agora ex, diga-se de passagem, para além de encaixar-se perfeitamente no artigo acima, ainda arma-se em macumbeira/vidente e conta com algumas seguidoras fanáticas e solteironas ,o que é muito conveniente, uma vez que não gastam o dinheiro com seus gajos e sim a "colaborar" com a" igreja" da ex sogrinha.
Que querida!! Meu filho de tres anos agradece a destruição do nosso lar!


De feromoni a 15 de Junho de 2010 às 12:50
Parabéns pelas palavras, muito emocionante. a escrita é um meio de libertação da alma


Comentar post

Aqui as perspectivas são diferentes… tão diferentes quanto um gajo e uma gaja podem ser
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27



posts recentes

O Rabetinha que há em mim...

As Sogras… A Continuação.

Os Conselhos de Sue

Se a sogra fosse boa... N...

Às vezes prefiro ver o Dr...

És diabética? Não? Então ...

AS BANHEIRAS DAS GAJAS SÃ...

Não é um bicho de 7 cabeç...

NÃO REPARAS EM NADA DE DI...

Susan Boyle gosta do Pudi...

Cesto da Roupa

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Tic Tac
Quem Está?
online
SuperBlogsAwards
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Quem Bispa?
Tags

todas as tags

subscrever feeds